sábado, junho 12, 2004

quinta-feira, junho 10, 2004

Doário

Ontem fui doar o meu precioso sangue (vermelho, não azul) pela primeira vez. Já tinha tentado doar uma outra vez, mas não passei na triagem (não quiseram meu sangue... :-(). Dessa vez foi tudo ok. Depois de testarem meu sangue me chamaram pra uma entrevista, mais parecida com um interrogatório, perguntam até a cor das cuecas!! :-)
Ai finalmente, depois de lanchar, passa-se ao 'gran finale' onde somos encaminhados para uma sala cheia dessas cadeiras parecidas com cadeiras de dentista. A enfermeira te joga lá e te coloca quase de cabeça pra baixo pra depois enfiar uma agulha da grossura de um pau de fósforo a veia e mandar tu ficares apertando uma bolinha com a mão.
Porra, como é demorado pra tirar meio litro de sangue!
Findo isso, passamos a outra sessão de comilança... Foi quando eu vi por quê as pessoas exitam em doar sangue. Nas instruções pós doação estava escrito:
- Não ingerir bebidas alcólicas nas próximas 8hs!!
Me ferrei! Não consegui cumprir essa! Tbm, véspera de feriado ninguém merece!! :-)

ps.: Ah, depois descobri q o Hemocentro de Campinas é o único do pais que consegue seguir a recomendação da ONU tendo pelo menos 2% da população em doadores. Isso significa que vcs tem q dar mais sangue!!

terça-feira, junho 08, 2004

Vizinhos... Bah!

Tem gente que não tem o que fazer MESMO!!
Contexto:
Moro em um condomínio onde as vagas para estacionamento não são vinculadas a apartamentos específicos.
Fica determinado apenas que existem 2 vagas por apartamento.
Moro com mais 2 colegas, o que significa que temos dois carros e duas motos em casa. Isso ocupa 3 vagas de estacionamento, por isso emprestamos uma vaga de outro ap (mediante declaração por escrito desse outro ap!).
Não existem problemas de falta de vagas e, dependendo de onde se estaciona, a variação de distância fica de, no máximo, uns 10 passos!
Fatos:
A algum tempo recebemos uma notificação do condomínio dizendo que algum vizinho reclamou que ocupávamos 3 vagas ao invés de duas (não esqueçam q não há problemas de falta de vagas lá...). Foi ai que tivemos que pedir essa declaração pra outro ap. Problema resolvido? Não!!
Um belo dia o cara que mora comigo chegou de carro e uma vizinha estava entrando no carro dela pra sair. O mais natural seria esperar a mulher sair com o carro pra colocar na vaga. Mas não é que a mulher viu que tinha gente esperando e ficou parada dentro do carro só pra não colocarem na vaga 'dela'!
O meu colega viu isso e estacionou o carro em outro lugar (caminhou 5 passos a mais!!). Quando ele entrou no apartamento a mulher saiu com o carro. Obviamente damos um dedo pra não entrar numa briga, mas um braço pra não sair. Meu colega foi lá e manobrou o carro pra ficar na vaga 'dela'! :-)
Beleza. Estávamos tranquilamente assistindo TV qdo toca a campanhia e uma mulher desesperada começa a xingar dizendo:
-- Vocês só olham pro umbigo de vcs. Ocupam a melhor vaga (??) do estacionamento e ainda por cima ocupam 3 vagas qdo só tem direito a duas!!
-- A gente aluga a terceira vaga. E temos uma declaração de outro condômino nos autorizando a usar essa terceira vaga pq alguém reclamou sobre isso pro síndico.
-- Mentira!! Vocês usam a vaga do apartamento da namorada de vcs e não alugam nada! E fui eu que reclamei pro síndico! Se vcs tem direito a usar a vaga de outro apartamento então tem que colocar um dos carros na frente desse outro apartamento e não aqui.
-- Só que na frente desse outro apartamento tem problemas com nr de vagas, coisa que não temos aqui...
-- Isso é problemas de quem mora lá!
-- Ahh, e somos nós que só olhamos pro nosso umbigo?
Bom, a discussão se arrastou com a mulher aos berros dizendo que somos um bando de moleques e taw.
Agora vê se isso não é coisa de gente que não tem o que fazer? Vai arrumar uma ocupação e pára de se preocupar com a vida dos outros!
Pelo menos a discussão serviu pra instituirmos que sempre que a vaga 'dela' estiver desocupada pararemos o carro lá, coisa que antes não fazíamos!! :-)

segunda-feira, junho 07, 2004

Ó céus, ó vida, ó azar

Continuando na onda de reclamar das pessoas...
Alguns sabem que curto uma vodka, mas pura! Porra, os caras passam o maior trabalho pra destilar o troço e tirar a água e depois, quando chega no consumidor final e ele vai tomar, taca uma pedra de gelo. Bom, mas fechado o parêntese, vamos aos fatos:
-- Garçom, por favor, me vê uma dose de Vodka.
Atenção no pedido: "uma dose de vodka". Não pedi gelo e, muito menos, limão!! Mas ainda, por via das dúvidas, acrescentei:
-- Mas é SEM limão, ok?
-- Sim senhor.
Chega a minha vodka com uma pedra de gelo (estava muito frio ontem, não queria gelo, por isso não pedi) e uma imensa rodela de limão. Vai tomar no c*!!! Foi o que deu vontade de dizer, mas me segurei e disse educadamente:
-- Ahhh, eu pedi sem limão!
-- Então o senhor quer que eu tire?
Sem comentários!! Maldita incompetência!